fbpx

A pedra no rim, também conhecida como cálculo renal ou litíase renal, é uma doença relativamente comum e uma das condições médicas que mais causa dor nos seres humanos. As pessoas que já tiveram um cálculo urológico têm uma chance de 50% de desenvolver um novo cálculo nos próximos 5 a 10 anos.

A crise de cólica renal geralmente surge quando uma pedra formada no rim move-se e fica impactada em uma região do trato urinário, obstruindo a passagem da urina. Esta obstrução pode ocorrer dentro do próprio rim, mas é mais comum nos ureteres, o canal que leva a urina do rim à bexiga.

A cólica renal costuma ser uma dor intensa, com crises que duram até 60 minutos ininterruptos. Há pessoas que dizem que a cólica renal é a pior dor que já sentiram na vida.

O primeiro passo no tratamento da cólica renal é obviamente aliviar a dor do paciente. Os medicamentos mais usados são os anti-inflamatórios e os opióides (derivados da morfina).

Uma vez que o paciente encontre-se mais aliviado da dor, deve-se tentar encontrar a causa da cólica renal. Uma radiografia simples de abdômen e uma ultrassonografia podem localizar a pedra, porém o melhor exame para detectá-lo é a tomografia computadorizada.

A localização e o tamanho da pedra são os fatores que definem os próximos passos no tratamento do cálculo renal.

Comments are closed.