fbpx

Atualmente, a biópsia de próstata  é realizada para o diagnóstico do câncer de próstata. Guiada por ultrassom transretal, a biópsia permite a coleta de fragmentos da próstata de diversos locais. Caso o ultrassom localize uma área mais suspeita colhemos mais fragmentos deste local, sendo aconselhável realizarmos a punção biópsia de 12 a 18 fragmentos da próstata.

Os fragmentos são encaminhados para o exame histológico que irá confirmar ou afastar o diagnóstico de câncer de próstata.

O procedimento é ambulatorial podendo ser realizado com anestesia local ou sedação, sendo esta última mais indicada.

As principais complicações após a biópsia são: infecção urinária, sangramentos (urinário, esperma, fezes), inflamação testicular ou de epidídimo, febre, piora do estado geral.

Comments are closed.