Um PSA baixo descarta câncer de próstata? A partir de qual valor o PSA indica câncer de próstata?

Não. O PSA sozinho não é suficiente para se descartar o câncer de próstata. É perfeitamente possível, embora incomum, ter câncer sem PSA elevado.

Outros fatores podem levar os níveis do PSA a valores baixos, mesmo quando o câncer está presente, incluindo:

  • Determinados medicamentos ou sintomas urinários
  • Algumas misturas de ervas vendidas como suplementos alimentares
  • Alguns esteroides
  • Obesidade: homens obesos tendem a ter níveis mais baixos de PSA
  • Aspirina: homens que tomam aspirina regularmente tendem a ter níveis mais baixos de PSA. Este efeito é mais pronunciado em não fumantes

Se o nível do PSA estiver alto, o médico pode solicitar uma biópsia de próstata.

Geralmente quando o câncer de próstata está presente o nível do PSA está acima de 4 ng/ml. Entretanto, um nível abaixo desse valor não significa que o câncer não esteja presente. Quase 15% dos homens com PSA abaixo de 4 ng/ml são diagnosticados com câncer de próstata na biópsia. Os homens com nível de PSA na faixa de 4 ng/ml e 10 ng/ml, têm chance de 1 em 4 de ter a doença. Se o PSA se encontra acima de 10 ng/ml, a probabilidade de ter câncer de próstata é superior a 50%. Atualmente a maioria dos urologistas usa como normal, PSA até 2,5 ng/ml.

O nível de PSA pode estar aumentado por outras razões, como:

  • Aumento de tamanho da próstata: hiperplasia prostática benigna, ou um aumento não canceroso da próstata comum em homens idoso
  • Idade: os níveis de PSA normalmente aumentam lentamente à medida que o homem envelhece, sem sinal aparente de qualquer doença
  • Infecção ou inflamação da próstata
  • A ejaculação pode causar aumento do PSA por um tempo curto, que cai logo em seguida
  • Andar de bicicleta
  • Alguns procedimentos urológicos

Comments are closed.