fbpx

O que é disfunção erétil após cirurgia do câncer de próstata e como pode ser tratada?

O câncer de próstata tem um grande impacto na saúde do homem e na sua qualidade de vida. Os pacientes que serão submetidos à prostatectomia radical devem ser sempre orientados quanto aos riscos de incontinência urinária e de disfunção erétil.

A prostatectomia, portanto, é um fator de risco para a disfunção erétil e problemas de ejaculação.

A taxa de manutenção da função erétil é maior em homens abaixo de 65 anos, no entanto outros fatores como diabetes, hipertensão, colesterol elevado, tabagismo e doenças cardíacas interferem na disfunção erétil pós-prostatectomia. Alguns estudos mostram que a incidência da disfunção erétil após a prostatectomia radical pode chegar a 60%.

Comments are closed.